Seguidores

sábado, 11 de agosto de 2012

Zeca Camargo - sem noção

No blog do Zeca Camargo, lí hoje uma crítica ferrenha aos filmes do Batman. O Zeca dizendo que é leitor de HQs desde a infância, que conhece Batman há muito tempo, e que os filmes do Nolan deixam a desejar. Chamou "The Dark Knight" de pseudo-filosofia, e afirmou que "The Dark Knight Rises" tem cenas desnecessárias, sem pé nem cabeça. "O segundo filme foi sério demais" afirmou o pobre coitado. Porra, Zeca, você não conhece o universo de Batman? Não conhece Gotham? Não sabe que a cidade é sombria, e que Bruce é um cara traumatizado pela morte dos pais? E ainda vem me dizer que cresceu lendo quadrinhos? Por favor.. Você já leu "A Piada Mortal"? Ela mostra o quão sinistro é o universo de Batman. Já leu? Agora me pergunto: Quem somos nós (em nível de criação e direção) diante de Christopher Nolan?

Boa mesmo é a programação da Globo: o Fantástico (só no nome), as novelas, o Faustão, e todo o lixo que chamam de cultura nacional. E o mais interessante é que jogam os bons programas (como Jô Soares) para os piores horários. Emburrecem o brasileiro e aí vêm um de seus jornalistas criticar a obra prima de Nolan (que salvou Batman da ideia nojenta que fazíamos dele devido aos filmes anteriores). Acho que você deu tantas voltas ao mundo que perdeu a noção das coisas...

Por favor, Zeca, volte a ler HQs e tente compreender. Como disse o Azaghal, uma pessoa assim não está preparada para ver uma adaptação de quadrinhos para o cinema. Você está procurando profundidade onde não tem, e escrevendo sobre o que não conhece. Se você quer filosofia, leia Platão. E como diria Bane (que você não deve saber quem é): YOU HAVE MY PERMISSION TO DIE!

Nenhum comentário: